Lasanha de berinjela: passo a passo ;)

Pessoal, confesso que antigamente detestava legumes. Só comia porque minha mãe me obrigava, mesmo. Uma das alternativas que minha mãe encontrou para que eu comesse berinjela, foi a lasanha de berinjela 😀 Depois do diagnóstico de diabetes, tudo mudou e hoje passei a gostar de vários legumes. Mas a lasanha de berinjela é um dos meus pratos preferidos. É muito gostoso, mesmo. Além de ser mais saudável que a lasanha tradicional. Espero que gostem 😉

20161023_203359

Ingredientes:

  • 1kg de peito de frango
  • 3 berinjelas médias (vai depender do seu refratário. Esse na foto é de quatro litros)
  • Molho de tomate
  • 1 lata de ervilha
  • 300g de queijo muçarela
  • 100gr de queijo parmesão
  • 300 ml de leite (usei leite de inhame, mas pode ser qualquer leite)
  • +-4 colheres de sopa de farinha de aveia (ou farinha de trigo comum ou integral)
  • 2 colheres de sopa de margarina light
  • 2 Cebolas médias
  • 3 dentes de Alho
  • Pimenta do Reino
  • Cominho
  • Curry
  • Colorífico
  • Sal à gosto
  • 1 folha de louro
  • Noz-moscada à gosto

Preparação do recheio de frango: Você pode fazer o recheio do jeito que preferir, tanto com frango, quanto carne moída. Eu levei os filés de peito numa panela com água, o suficiente para cobrir todos os filés, e deixei cozinhar com 1/2 cebola média, 2 dentes de alho, 1 folha de louro, curry, cominho, colorífico, pimenta do reino e sal. Depois que cozinharam, peguei a água do frango e a coloquei em outra panela. Reservei o frango em um pote.

20161023_175834

Enquanto esperava o frango esfriar, eu comecei a preparar as berinjelas. Retirei a casca, e cortei em tiras finas.  Em seguida, coloquei água do cozimento do frango para ferver.  Coloquei as tiras de berinjela na água e deixei cozinhar até que elas mudassem de cor. O ponto é quando elas começam a escurecer, mas não deixe que elas fiquem muito moles.

20161023_182022

Feito isso, após escorrer as berinjelas e apoiá-las em uma forma, eu parti pra desfiar o frango e fazer o molho. Eu usei um molho de tomate pronto, porque estava com pressa, mas fica bem mais gostoso se você fizer o molho caseiro 😉 A maioria dos molhos de tomate prontos contêm açúcar na sua composição. Eu também fiquei surpresa quando descobri isso. Mas para nossa felicidade, tem uma marca que pensou em nós, docinhos, rs. O molho é concentrado, sem gosto ruim e bem mais próximo ao natural do que os outros. E o mais legal: além de ser sem açúcar, é sem gordura! 😉

20161023_191425

Fiz o molho de tomate bem simples mesmo: refoguei cebola picadinha, com alho, coloquei o molho com um pouco de água, sal, cominho, pimenta do reino, curry,  salsinha e cebolinha picadas. Depois, acrescentei o frango e deixei ferver um pouquinho para absorver o sabor.  Por último, acrescentei uma lata de ervilha. Apaguei o fogo e reservei.

Por último, fiz o molho bechamel. Eu fiz uma adaptação do molho tradicional, que leva farinha de trigo e leite de vaca. Como estou evitando lactose e glúten, usei farinha de aveia no lugar da farinha de trigo, e leite de inhame, no lugar do leite de vaca. Mas você pode fazer a receita tradicional que fica uma delícia, também 😉

Coloquei pra derreter duas colheres de margarina na frigideira grande, e depois acrescentei 1/2 cebola média picada. Depois de dourada, coloquei as 4 colheres de sopa de farinha de aveia, e mexi bem, até virar um grude. Aos poucos, em fogo baixo, fui acrescentando o leite de inhame, até dar o ponto de um mingau: nem muito mole, nem muito consistente. Salpiquei sal e um pouco de noz moscada e apaguei o fogo. Agora, vamos para a montagem !

20161023_193143

Untei com manteiga o refratário e comecei a montagem com uma camada do recheio de frango. Em seguida, acrescentei uma camada de berinjela. Depois, coloquei o queijo muçarela, só na metade do refratário, porque a outra sem queijo é para mim, e a com queijo para o namorado ;).
20161023_193457

Em seguida, coloquei mais uma camada de berinjela, depois outra do recheio de frango e finalizei com o molho bechamel. Metade do refratário, coloquei queijo parmesão, e na outra coloquei uma torradinha integral quebrada, só pra não ficar pálida a lasanha, rs.

Levei ao forno médio por mais ou menos uns 30 minutos, mas isso varia para mais ou para menos, dependendo do fogão. Para saber se está pronto, só colocar uma colher e tentar participar a lasanha. Se a berinjela se desmanchar com a colher, está pronto. Se ela ainda estiver rígida, leve ao forno por mais um tempinho.

Fica uma delícia! Com certeza, todos vão gostar. O sabor da berinjela fica muito leve, você nem percebe.

Espero que gostem!

Um beijo

 

Continuar lendo

Panqueca low carb salgada

panquecasalgada

 

Pessoal, uma dica de lanche lowcarb. Hoje fiz esse pãozinho no microondas e é super saboroso e fácil de fazer.

Ingredientes:

  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de aveia
  • 1 colher de sopa de requeijão light  Uma pitada de fermento.

Mistura tudo e leva ao microondas por 2 minutos.

Passei uma manteiga por cima e ficou uma delícia. Quem me passou a receita foi a @deboramedrado ♡♥♡♥

Continuar lendo

Frango cremoso fit

Vocês já devem estar cansados de tanta receita doce aqui no blog, rs. Por isso, trouxe essa receita de frango cremoso maravilhosa da minha mãe, que também é DM2. Eu amo quando ela faz essa delícia para almoço ou janta. Espero que vocês gostem, também <3

20161031_200945

Ingredientes

  • +- 500g de peito de frango ou sobras de frango que você tiver na geladeira
  • +- 500ml de leite desnatado
  • 1 copo de requeijão light
  • 1 lata de milho verde
  • 1 colher de sopa cheia de farinha de trigo integral
  • 1 colher de sopa cheia de margarina light
  • 1/2 cebola média picada
  • 1 dente de alho
  • Molho inglês
  • Salsa e cebolinha
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino
  • 1 fio de óleo ou azeite
  • Noz moscada à gosto
  • Tomate-cereja (opcional)

Preparação do molho bechamel:

Derreta a manteiga com um fio de óleo ou azeite na panela. Em seguida, coloque para dourar a cebola picadinha. Quando a cebola ficar brilhante, acrescente a farinha de trigo e mexa bem até essa mistura ficar tipo um grude. Depois, vá acrescentando, aos poucos, o leite desnatado mexendo sem parar até engrossar. Por fim, adicione o requeijão e misture bem. Apague o fogo e coloque uma colher de café de noz moscada ralada. Reserve.

Preparação do frango:

Coloque o frango para cozinhar em uma panela com água, a quantidade deve ser o suficiente para cozinhar o frango. Coloque metade de uma cebola média, um dente de alho, uma folha de louro, uma pitada de pimenta do reino, uma colher de sopa de colorífico, uma colher de sopa de molho inglês, salsa, cebolinha e sal à gosto. Deixe cozinhar e depois escorra a água, espere esfriar um pouco e desfie o frango. Pode desfiar na mão ou em um processador.

Montagem do frango cremoso:

Pegue o frango desfiado e junte no molho bechamel. Acrescente uma lata de milho verde e queijo ralado (opcional). Unte um refratário e coloque uma camada desse creme. Em seguida, coloque queijo muçarela no meio, e depois finalize com o restante do creme. Salpique queijo ralado, acrescente tomates-cereja por cima e leve para gratinar no fogo médio. Quando estiver douradinho por cima, está pronto o frango cremoso. Fica uma delícia!

Obs: Você pode cozinhar o frango do jeito que preferir. Pode acrescentar outros tipos de queijo, ou fazer sem queijo. 😉

 

 

 

Continuar lendo

Pão integral de liquidificador ( não precisa sovar)

ed400a50-e69f-4a51-a02a-3cfa93e858ce

Boa noite, meus amores!

Acabei de fazer um pão delicioso 100%  farinha integral para o meu café da manhã de amanhã. Eu já tinha postado uma receita de pão integral estilo pão francês aqui no blog, mas essa é bem diferente. Você não vai precisar sovar e nem gastar os seus bracinhos, rs. É super prático e você só vai precisar de um liquidificador e uma forma para pão ou bolo inglês.

Vamos lá!

Ingredientes

  • 4 xícaras de chá farinha de trigo integral
  • 2 xícaras de chá de água morna
  • 1/2 xícara de chá de óleo de girassol ( pode ser de coco ou de canola)
  • 2 colheres de sopa de fermento biológico seco
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo ( calma, é só pra fermentar o fermento! Não é pra adoçar. )
  • 1 colher de sopa de sal
  • Sementes à gosto. Coloquei chia e aveia em flocos finos

Modo de fazer

Coloque a água e o óleo no liquidificador, bata bem. Depois acrescente o açúcar mascavo, o sal e o fermento. Bata mais um pouco. Em seguida, vá acrescentando aos poucos, em colheradas, a farinha de trigo. Vai ficar uma massa bem pegajosa. É assim mesmo! Depois, unte uma forma com manteiga light e aveia em flocos ou farinha de trigo integral. Coloque a massa e decore a seu gosto. Eu salpiquei aveia e chia. Deixe a massa descansar dentro do forno desligado até que você perceba que a massa dobrou de tamanho, o que leva em média uns 40 minutos. Depois coloque para assar e bom apetite! Fica maravilhoso!

Obs: Não se assustem com o açúcar na composição. É uma alquimia. Para o fermento entrar em ação ele precisa do açúcar e do sal. Em uma rápida pesquisada na internet, encontrei informações sobre isso em vários sites de química. O elemento necessário à reprodução e crescimento do fermento é o açúcar. É a famosa levedura, fungos unicelulares que se utilizam da glicose resultante da hidrólise de amido. Por reação enzimática, a levedura age sobre as moléculas de açúcar liberando CO2 (dióxido de carbono ou gás carbônico). Assim como o sal. Uma massa com uma porcentagem certa de sal terá a fermentação uniforme e controlada. Uma massa sem sal ou com porcentagem incompleta, terá fermentação mais rápida e descontrolada, e o pão, em “crescimento”, passará do “ponto” facilmente.  Comigo não alterou a glicemia, justamente porque a quantidade é mínima. Mas fique de olho. Faça o teste, ok? 😉

Continuar lendo

Pão integral caseiro: rápido e fácil de fazer!

Achar um pão de forma ou francês feito com 100% farinha integral, gostoso e barato é difícil, né? Por isso, resolvi fazer o meu próprio pão integral caseiro.  Essa receita rende uma boa porção, sem conservantes, macia e saborosa. O cheiro é maravilhoso! E você ainda economiza! Quer saber mais? Então segue a receita 😀

2016-06-01 23.33.16

 

Ingredientes:

*200g (2 xícaras) de farinha integral peneirada

*3 colheres de chá rasas de fermento biológico

*4 colheres de sopa de óleo de girassol

*200 ml de água morna

*1/2 colher de chá de sal

*1 colher de chá de açúcar

Junte a água morna com o açúcar e o fermento e deixe descansar por alguns minutos até que borbulhe. Acrescente os demais ingredientes e amasse até que a massa fique lisa e homogênea. Cubra com um pano e deixe descansar por 30 minutos. Amasse outra vez e ponha em uma forma untada e deixe descansar mais 20 minutos. Asse em forno médio até que doure por mais ou menos 20 minutos.

Obs: Apesar de levar um pouquinho de açúcar, não percebi alteração na minha glicemia e nem de outras pessoas com diabetes. Esse toque de açúcar é para ajudar na fermentação. 😉

Continuar lendo

Pão integral sem açúcar

Oi, pessoal! Boa tarde!

2016-04-27 12.52.46Quem é diabético sabe a dificuldade de encontrar um pão realmente integral. Por quê? Quantas vezes vimos pão de forma no supermercado que dizia ser saudável, ter várias sementes, etc, mas quando fomos ler o rótulo tinha açúcar mascavo, farinha de trigo branca e até mesmo açúcar refinado! Pois é. De integral, não tem nada. Eles fazem um pão comum, colocam algumas sementes e nos dizem que é “do bem”, integral.

E por isso, sem perder a fé no mundo, venho há algum tempo procurando o pão perfeito: totalmente com farinha integral, sem adição de açúcar e com sementes. E finalmente achei!

Continuar lendo